Análise da importância do plano de parto na assistência de enfermagem: revisão integrativa

Autores

  • Erlania Souza Costa Faculdade de Enfermagem Nova Esperança
  • Rosicleide Rúbia Pereira Medeiros FACULDADE DE ENFERMAGEM NOVA ESPERANÇA
  • Janine Rosaline Pereira da Silva FACULDADE DE ENFERMAGEM NOVA ESPERANÇA
  • Aline Pereira da Silva FACULDADE DE ENFERMAGEM NOVA ESPERANÇA
  • Luciane de Fátima Fernandes de Carvalho FACULDADE DE ENFERMAGEM NOVA ESPERANÇA
  • Glaydes Nely Sousa da Silva FACULDADE DE ENFERMAGEM NOVA ESPERANÇA

DOI:

https://doi.org/10.36489/saudecoletiva.2021v11i60p4556-4565

Palavras-chave:

Parto, Enfermagem, Assistência

Resumo

Este estudo teve por objetivo geral analisar a importância do plano de parto na assistência de enfermagem. Estudo de revisão integrativa, na modalidade descritivo-exploratório, com abordagem qualitativa. Este trabalho utilizou de bases de dados para sua construção, que foram SCIELO e LILACS com publicações científicas no período de 2015 a 2020, que foram selecionadas mediante critérios de inclusão e exclusão. A coleta de dados ocorreu no mês de fevereiro de 2020, incluindo 4 publicações. As publicações foram organizadas em um quadro, contendo as informações mais pertinentes sobre a temática, tais como: autores da publicação, ano, periódico, título das publicações e os resultados das publicações que se referem a importância do plano de parto na assistência de enfermagem. Nos resultados das publicações fica esclarecido o quão importante é o plano de parto para a mulher durante a assistência de enfermagem, por propiciar maior conhecimento sobre o seu parto, que é um momento tão singular para a ela, e proporcionar a humanização na assistência à saúde materno-infantil. Os profissionais de saúde da atenção primária exercem um papel fundamental, principalmente o enfermeiro na realização do pré-natal, que pode construir o plano de parto junto com a gestante, auxiliando na informatização do parto e fortalecendo a comunicação junto a maternidade.

Biografia do Autor

Erlania Souza Costa, Faculdade de Enfermagem Nova Esperança

Enfermeira. Pós-graduada em obstetrícia e neonatologia.

Rosicleide Rúbia Pereira Medeiros, FACULDADE DE ENFERMAGEM NOVA ESPERANÇA

Enfermeira. Pós-graduada em obstetrícia e neonatologia. Mestranda no programa de pós-graduação em educação, trabalho e inovação em medicina na Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Janine Rosaline Pereira da Silva, FACULDADE DE ENFERMAGEM NOVA ESPERANÇA

Enfermeira. Pós-graduada em obstetrícia e neonatologia.

Aline Pereira da Silva, FACULDADE DE ENFERMAGEM NOVA ESPERANÇA

Enfermeira. Pós-graduada em obstetrícia e neonatologia.

Luciane de Fátima Fernandes de Carvalho, FACULDADE DE ENFERMAGEM NOVA ESPERANÇA

Enfermeira. Pós-graduanda em obstetrícia e neonatologia.

Glaydes Nely Sousa da Silva, FACULDADE DE ENFERMAGEM NOVA ESPERANÇA

Enfermeira. Pós-graduada em Unidade de Terapia Intensiva. Mestre em Saúde da Família pela Faculdade de Enfermagem Nova Esperança.

Publicado

2021-01-05

Como Citar

Souza Costa, E., Pereira Medeiros, R. R. ., Pereira da Silva, J. R. ., Pereira da Silva, A. ., Fernandes de Carvalho, L. de F. ., & Sousa da Silva, G. N. . (2021). Análise da importância do plano de parto na assistência de enfermagem: revisão integrativa. Saúde Coletiva (Barueri), 11(60), 4556-4565. https://doi.org/10.36489/saudecoletiva.2021v11i60p4556-4565

Edição

Seção

Artigos Científicos