Evolução dos casos de COVID-19 de dezembro de 2019 a outubro de 2020 no Maranhão

Autores

  • Bárbara dos Santos Bezerra
  • Sandra Regina Matos da Silva
  • Thaynara Pinheiro Araújo

DOI:

https://doi.org/10.36489/saudecoletiva.2021v11i63p5536-5545

Palavras-chave:

Coronavirus, Saúde Pública, Epidemiologia descritiva

Resumo

No final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma nova variedade de Corona vírus foi identificada, sendo declarada como uma emergência de saúde pública pela Organização Mundial de Saúde. OBJETIVO: Analisar a evolução epidemiológica do COVID-19 no estado do Maranhão. MÉTODOS: Trata-se de um estudo epidemiológico descritivo e retrospectivo, com abordagem quantitativa. RESULTADOS: O Maranhão representa 1,7% dos casos no Brasil, figurando na 5º colocação na região Nordeste. Em termos de número de óbitos por Síndrome Respiratória Aguda Grave, o mesmo estado contribuiu com 2,1% dos casos brasileiros, sendo sua predominância em indivíduos do sexo feminino (56%) e na faixa etária entre 30 a 49 anos (37,5%). CONCLUSÃO: Ressalta-se a importância de promover mais estudos sobre a doença e investir em estratégias para o controle do coronavírus, pois o surto do COVID-19 é recente e sua duração é incerta.

Biografia do Autor

Bárbara dos Santos Bezerra

Acadêmica do curso de Enfermagem na Universidade Estadual do Maranhão (UEMA).

Sandra Regina Matos da Silva

Enfermeira; docente substituto (UEMA/CESSIN); mestranda em saúde e ambiente pela Universidade Federal do Maranhão, especialista em Saúde da família.

Thaynara Pinheiro Araújo

Acadêmica do curso de Enfermagem na Universidade Estadual do Maranhão (UEMA).

Publicado

2021-04-06

Como Citar

dos Santos Bezerra, B. ., Matos da Silva, S. R. ., & Pinheiro Araújo, T. . (2021). Evolução dos casos de COVID-19 de dezembro de 2019 a outubro de 2020 no Maranhão. Saúde Coletiva (Barueri), 11(63), 5536-5545. https://doi.org/10.36489/saudecoletiva.2021v11i63p5536-5545

Edição

Seção

Artigos Científicos