Qualidade de vida do idoso ribeirinho da Amazônia

Autores

  • Charles Richardson Moreira da Costa
  • Andreia Silva Rodrigues
  • Ana Caroline da Silva Pereira de Araújo
  • Nádia Barreto dos Santos
  • Renato da Costa Teixeira
  • Soanne Chyara Soares Lira

DOI:

https://doi.org/10.36489/saudecoletiva.2021v11i62p5236-5249

Palavras-chave:

Qualidade de Vida, Idosos, Envelhecimento da População, População urbana, População rural

Resumo

OBJETIVO: avaliar a qualidade de vida de idosos ribeirinhos e urbanos da amazônia. MÉTODO: Foi utilizado questionário World Health Organization Quality of Life – bref em 79 idosos, sendo este 43 ribeirinhos de Cametá- PA e 36 urbanos de Belém- PA, e analisados pela estatística descritiva e teste T de student adotando-se um p < 0,05. RESULTADOS: De modo geral, a percepção da qualidade de vida (p=0,154) e a satisfação com a saúde (p=0,928) é a mesma entre idosos ribeirinhos e urbanos. Em análise específica por domínios, ribeirinhos têm melhor qualidade de vida no aspecto psicológico (p=0,042), relações sociais (p=0,021) e meio ambiente (p=0,001), quando comparado aos idosos urbanos. Além disso, em análise mais detalhada por cada domínio os ribeirinhos têm resultados mais satisfatórios em quase 50% dos itens do questionário. CONCLUSÃO: Idosos ribeirinhos têm qualidade de vida elevada pelos domínios psicológicos, relações sociais e meio ambiente quando comparados aos urbanos.

Biografia do Autor

Charles Richardson Moreira da Costa

Fisioterapeuta, pós-graduado em fisioterapia traumato-ortopédica e fisioterapia desportiva pela Faculdade Integrada da Amazônia.

Andreia Silva Rodrigues

Fisioterapeuta, pós-graduada em terapia intensiva neonatal e pediátrica, e pós-graduanda em terapia intensica adulto pela Faculdade Inspirar.

Ana Caroline da Silva Pereira de Araújo

Fisioterapeuta, pós-graduanda em acupuntura integrativa na Faculdade Inspirar.

Nádia Barreto dos Santos

Fisioterapeuta, pós-graduada em gerontologia pelo Centro Universitário do Pará e na modalidade residência multiprofissional pela Universidade Federal do Pará, mestre em saúde coletiva pela Universidade Federal do Pará.

Renato da Costa Teixeira

Fisioterapeuta, doutor em Educação pela PUC-Rio, docente do curso de fisioterapia e do programa de pós-graduação Ensino em Saúde da Amazônia da Universidade do Estado do Pará.

Soanne Chyara Soares Lira

Fisioterapeuta, mestre em neurociências e biologia celular pela Universidade do Estado do Pará, doutoranda em Ensino em Saúde na Amazônia. Centro Universitário do Pará – CESUPA (Belém/Pará/Brasil). Universidade do Estado do Pará (Belém/Pará/Brasil) – Grupo de Pesquisa Saúde Funcional e Qualidade de Vida.

Publicado

2021-03-01

Como Citar

Richardson Moreira da Costa, C. ., Silva Rodrigues, A. ., da Silva Pereira de Araújo, A. C., Barreto dos Santos, N. ., da Costa Teixeira, R. ., & Soares Lira, S. C. . (2021). Qualidade de vida do idoso ribeirinho da Amazônia. Saúde Coletiva (Barueri), 11(62), 5236-5249. https://doi.org/10.36489/saudecoletiva.2021v11i62p5236-5249

Edição

Seção

Artigos Científicos