Incidência de KPC (Klebsiella Pneumoniae Carbapenemase) em adultos internados em hospitais nas regiões do Brasil de 2006 a 2016: revisão bibliográfica

Autores

  • Tássia Vieira Goularte Marçal
  • Letícia Falkenbach da Costa
  • Diana Rodrigues Nicoletti
  • Morgana Thais Carollo Fernandes
  • Bruna Amorin
  • Djuli Hermes

DOI:

https://doi.org/10.36489/saudecoletiva.2021v11i62p5174-5191

Palavras-chave:

Resistência bacteriana, Enterobactérias, Epidemiologia

Resumo

A Klebsiella pneumoniae carbapenemase (KPC), conhecida como "superbactéria", desempenha um papel importante em relação às infecções hospitalares. Objetivos: Identificar a incidência de Klebsiella pneumoniae com fator de resistência KPC em adultos nos hospitais das regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul do Brasil entre os anos de 2006 e 2016, observando também, o perfil de resistência aos antimicrobianos. Método: Pesquisa retrospectiva com base descritiva e qualitativa, sendo uma revisão bibliográfica literária sistemática realizada por meio das bases de dados: SciELO, Medline, LILACS e Pubmed. Resultados: Localizou-se 95 artigos, dos quais 58 foram incluídos. A região Sul obteve a maior prevalência para isolados KPC nos hospitais, sendo a Klebsiella pneumoniae. Em relação aos antimicrobianos o Ertapenem teve quase 100% de resistência em todos os estados. Conclusão: É necessário que sejam implementadas precauções e o controle da disseminação desse tipo de mecanismo de resistência.

Biografia do Autor

Tássia Vieira Goularte Marçal

Bacharel em Biomedicina, Centro Universitário Ritter dos Reis (UniRitter).

Letícia Falkenbach da Costa

Residente multiprofissional em saúde comunitária – ULBRA, Canoas – RS, Brasil.

Diana Rodrigues Nicoletti

MBA em Gestão em Saúde e Controle de Infecção, Faculdade CEAT.

Morgana Thais Carollo Fernandes

Pós- Doutoranda em Saúde da Criança pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), bolsista pela University of Toronto (UofT). Professora Colaboradora da Residência Multiprofissional em Saúde da Criança e Pesquisadora Associada do Programa de Extensão e Pesquisa em Saúde Urbana, Ambiente e Desigualdades da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). – Porto Alegre, RS.

Bruna Amorin

Pós Doutorado em Medicina – UFRGS. Docente da Faculdade Inedi - Cesuca – Cachoeirinha, RS, Brasil.

Djuli Hermes

Mestre em Medicina – UFRGS. Docente da Insituição UniRitter - Porto Alegre - RS, Brasil.

Publicado

2021-03-01

Como Citar

Vieira Goularte Marçal, T. ., Falkenbach da Costa, L. ., Rodrigues Nicoletti, D. ., Carollo Fernandes, M. T. ., Amorin, B. ., & Hermes, D. . (2021). Incidência de KPC (Klebsiella Pneumoniae Carbapenemase) em adultos internados em hospitais nas regiões do Brasil de 2006 a 2016: revisão bibliográfica. Saúde Coletiva (Barueri), 11(62), 5174-5191. https://doi.org/10.36489/saudecoletiva.2021v11i62p5174-5191

Edição

Seção

Artigos Científicos