A humanização proposta ao idoso durante o atendimento

Autores

  • Andréa Cibele Roque
  • Bárbara Polonio Rodrigues
  • Ivana Regina Gonçalves

DOI:

https://doi.org/10.36489/saudecoletiva.2021v11i60p4748-4761

Palavras-chave:

Humanização, Idoso, Enfermagem

Resumo

Objetivo: verificar qual a contribuição da literatura sobre paciente idoso e o atendimento humanizado, buscando responder à questão: qual a contribuição da literatura para a proposta da humanização ao idoso durante o atendimento? Método: Foram incluídos artigos publicados na íntegra entre 2008 e 2015, em língua portuguesa nas bases de dados Scielo, Bireme e Scopus. Foi utilizado o referencial metodológico de Bardin que permitiu organizar o estudo em três categorias diferentes. Resultados: As categorias obtidas através da literatura foram: a humanização como premissa no cuidado ao idoso; a equipe ou instituição como promotora/fornecedora da humanização para o idoso; a percepção do idoso acerca da humanização. Conclusão: A humanização é estratégia para um atendimento diferenciado, e está associado à um melhor nível de atendimento, sentimento de reconhecimento e respeito por tais atitudes.

Biografia do Autor

Andréa Cibele Roque

Enfermeira Especialista em Unidade de Terapia Intensiva; Coordenadora de Enfermagem da Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Unimed Regional Jaú.

Bárbara Polonio Rodrigues

Enfermeira Especialista em Cuidados Paliativos e Terapia da Dor; Enfermeira no Hospital Amaral Carvalho Jaú da Unidade Paliativos. Enfermeira no Hospital Amaral Carvalho na Unidade de Internação Oncologia/Paliativo.

Ivana Regina Gonçalves

Doutora em Enfermagem - Faculdade de Medicina de Botucatu; Responsável Técnica de Enfermagem CRIE /NHE HCFMB; Docente do Centro Universitário Sudoeste Paulista e Faculdades Integradas de Jaú.

Publicado

2021-01-05

Como Citar

Roque, A. C. ., Polonio Rodrigues, B. ., & Gonçalves, I. R. . (2021). A humanização proposta ao idoso durante o atendimento. Saúde Coletiva (Barueri), 11(60), 4748-4761. https://doi.org/10.36489/saudecoletiva.2021v11i60p4748-4761

Edição

Seção

Artigos Científicos