Vivências de luto e saúde mental da enfermagem na pandemia da COVID-19: o que nos diz a literatura?

Autores

  • Kalyne Patrícia de Macêdo Rocha
  • Wanessa Cristina Tomaz dos Santos Barros
  • Luciane Paula B. Araújo de Oliveira
  • José Jailson de Almeida Júnior

DOI:

https://doi.org/10.36489/saudecoletiva.2021v11i62p5092-5096

Palavras-chave:

Equipe de enfermagem, Luto, Saúde mental, COVID-19

Resumo

Objetivo: mapear as evidências existentes na literatura sobre os lutos vividos pelos profissionais de enfermagem durante a pandemia da Covid-19 e discutir sobre as repercussões para sua saúde mental. Método: revisão integrativa, cuja questão norteadora foi: qual o conhecimento científico produzido, até o momento, sobre os lutos vividos pelos profissionais de enfermagem em tempos de COVID-19? A busca foi realizada em novembro de 2020, nas bases de dados Pubmed, Cinahl, Scopus e Lilacs, utilizando os descritores Coronavirus Infections; Bereavement; Nursing; Mental Health, alcançando um total de 198 publicações. Após aplicados os critérios de inclusão e exclusão, obteve-se um corpus de 04 artigos. Resultados: Os estudos analisados foram realizados no Brasil e no Reino Unido.  Dois estudos investigaram aspectos da saúde mental no enfrentamento da Covid-19 específicos para a equipe de enfermagem, um abordou todos os profissionais de saúde e o outro pesquisou os profissionais de saúde e a população em geral. Discussão: No enfrentamento da pandemia da Covid-19, as vivências do luto foram permeadas por sentimentos de medo, desamparo, desesperança, sofrimento moral, estresse, ansiedade, sintomas depressivos, Burnout e impotência, segundo os estudos analisados. Além disso, essas pesquisas traziam também algumas recomendações de proteção para a saúde mental dos trabalhadores, tais como: apoio por teleatendimento por enfermeiros especialistas em saúde mental e teleatendimento por psicólogos. Conclusão: A pandemia de Covid-19 tem gerado inúmeras mudanças na vida de todas as pessoas. Para os profissionais de enfermagem, a convivência diária com situações de luto faz emergir sentimentos que podem repercutir em sua saúde mental. Por ser um tema recente, ainda são escassos estudos que mostrem o real impacto da pandemia na saúde mental desses profissionais, apontando a necessidade de mais estudos que possam fundamentar ações de apoio ao luto durante a pandemia de Covid-19.

Biografia do Autor

Kalyne Patrícia de Macêdo Rocha

Graduanda em Enfermagem. Estudante universitária, Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Wanessa Cristina Tomaz dos Santos Barros

Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professora Universitária, , Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Luciane Paula B. Araújo de Oliveira

Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professora Universitária, Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

José Jailson de Almeida Júnior

Enfermeiro, Doutor em Educação. Professor Universitário, Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Publicado

2021-03-01

Como Citar

de Macêdo Rocha, K. P. ., Tomaz dos Santos Barros, W. C., B. Araújo de Oliveira, L. P., & de Almeida Júnior, J. J. . (2021). Vivências de luto e saúde mental da enfermagem na pandemia da COVID-19: o que nos diz a literatura?. Saúde Coletiva (Barueri), 11(62), 5092-5096. https://doi.org/10.36489/saudecoletiva.2021v11i62p5092-5096

Edição

Seção

Artigos Científicos