Assistência de enfermagem a pacientes portadores de insuficiência cardíaca descompensada: uma revisão integrativa

Autores

  • Flávia Mariana Mendes Diniz
  • Karla Cordeiro Gonçalves

DOI:

https://doi.org/10.36489/nursing.2021v24i274p5443-5452

Palavras-chave:

Enfermagem, Insuficiência cardíaca, Cuidados de enfermagem

Resumo

O objetivo do estudo foi identificar os cuidados de enfermagem a pacientes portadores de insuficiência cardíaca descompensada descritos em literatura nacional e internacional. Método- Foi realizada uma Revisão Integrativa. A busca foi realizada de forma sistematizada nas bases de dados LILACS, BDENF, IBECS, MEDLINE e Pubmed. Resultados- A amostra constituiu-se de oito artigos, sendo possível identificar intervenções de enfermagem educativas para o controle e prevenção da doença, intervenções durante a internação e após a alta hospitalar. Conclusão- Dentre os estudos selecionados, ficou evidenciado que as intervenções de enfermagem são fundamentais para prevenção e promoção a saúde a pacientes portadores de insuficiência cardíaca descompensada nos diversos cenários de atenção à saúde. O acompanhamento e a educação em saúde ao paciente com insuficiência cardíaca têm grande potencial para atingir mudanças de atitudes e comportamento no enfrentamento a doença.

Biografia do Autor

Flávia Mariana Mendes Diniz

Enfermeira do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais (HC-UFMG). Mestre Multiprofissional em Terapia Intensiva pelo Instituto Multidisciplinar Brasileiro de Educação em Saúde (IMBES).

Karla Cordeiro Gonçalves

Enfermeira do HC-UFMG. Mestre em Ciências Aplicadas à Saúde do Adulto pela UFMG. Especialista em cardiologia pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP).

Publicado

2021-03-01

Como Citar

Mendes Diniz, F. M. ., & Cordeiro Gonçalves, K. . (2021). Assistência de enfermagem a pacientes portadores de insuficiência cardíaca descompensada: uma revisão integrativa. Nursing (São Paulo), 24(274), 5443-5452. https://doi.org/10.36489/nursing.2021v24i274p5443-5452

Edição

Seção

Artigos Científicos