Violência autoprovocada em um estado do nordeste Brasileiro: série histórica

Autores

  • Aldenira Joacla Caetano da Silva
  • Emanoele Belchior de Medeiros
  • Illana Cecylia Silva Basílio
  • Janaina Kelly Alves Barbosa
  • Robson Egidio da Silva

DOI:

https://doi.org/10.36489/nursing.2021v24i274p5347-5356

Palavras-chave:

Violência, Suicídio, Epidemiologia

Resumo

Objetivo: descrever a situação epidemiológica de pessoas que foram vítimas de violência autoprovocada em um estado do nordeste brasileiro. Método: trata-se de estudo exploratório e descritivo, com abordagem quantitativa e dados retrospectivos, desenvolvido com dados obtidos do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN). A população compreendeu todas as pessoas que foram atendidas e notificadas nos serviços próprios e conveniadas ao Sistema Único de Saúde entre 2015 e 2018. Resultados: Observou-se que a maior parte era do sexo feminino (65,47%), na faixa etária de 25 a 59 anos de idade (48,4%), heterossexual (43,8%), sem identificação da identidade de gênero (54,3%), raça/cor parda (51,37%), ensino fundamental incompleto (18,46%), zona urbana (90,33%) e solteiro (43,62%). Considerações finais: A violência autoprovocada é considerada importante problema de saúde pública no Brasil, sendo imperativo o desenvolvimento de ações educativas que visem à divulgação dos riscos, programas de prevenção e de suas complicações.

Biografia do Autor

Aldenira Joacla Caetano da Silva

Enfermeira. Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Especialista em Ginecologia e Obstetrícia, Especialista em Urgência e Emergência, Especialista em Auditoria nos Serviços de Saúde.

Emanoele Belchior de Medeiros

Enfermeira. Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Especialista em Ginecologia e Obstetrícia, Especialista em Urgência e Emergência.

Illana Cecylia Silva Basílio

Enfermeira, Centro Universitário Facex (UNIFACEX).

Janaina Kelly Alves Barbosa

Enfermeira. Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Especialista em Ginecologia e Obstetrícia, Especialista em Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde.

Robson Egidio da Silva

Enfermeiro. Faculdade Mauricio de Nassau. Especialista em UTI.

Publicado

2021-03-01

Como Citar

Caetano da Silva, A. J. ., Belchior de Medeiros, E. ., Silva Basílio, I. C. ., Alves Barbosa, J. K. ., & Egidio da Silva, R. . (2021). Violência autoprovocada em um estado do nordeste Brasileiro: série histórica. Nursing (São Paulo), 24(274), 5347-5356. https://doi.org/10.36489/nursing.2021v24i274p5347-5356

Edição

Seção

Artigos Científicos