Uso do ozônio no tratamento de feridas: revisão de escopo

Autores

  • Vera Patricia Carneiro Cordeiro Nobre
  • Waldemar Gehring Junior
  • Mônica Antar Gamba
  • Lavinia Santos de Souza Oliveira
  • Mônica Taminato

Palavras-chave:

Cicatrização, Ozônio, Feridas, Lesões

Resumo

Objetivo: identificar evidências sobre o uso do ozônio no tratamento tópico de feridas cutâneas em humanos. Método: revisão de escopo, realizada em março de 2021 nas bases de dados Cochrane Library, Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, Scientific Eletronic Library Online e National Library of Medicine com os descritores em Ciências da Saúde nas combinações: Cicatrização, Ozônio, Feridas e Lesões. Foram selecionados 1352 artigos, elegí­veis 129 e analisados em detalhe 09. Resultados: os estudos mostraram que o ozônio é uma terapia vantajosa na estimulação cicatricial das feridas cutâneas devido í s suas diversas potencialidades. Conclusão: há evidências da efetividade do uso do ozônio no tratamento de feridas, principalmente nas formas de gás e óleos, sendo necessários novos estudos a fim de parametrizar sua aplicação e os indicadores de cicatrização.

Biografia do Autor

Vera Patricia Carneiro Cordeiro Nobre

Enfermeira, Mestre, Professora da Graduação em Enfermagem no Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB). Santo Antônio de Jesus (Ba), Brasil.

Waldemar Gehring Junior

Engenheiro Mecânico. Doutor. Pós doutorando na Escola Paulista de Enfermagem. UNIFESP.

Mônica Antar Gamba

Enfermeira. Doutora. Escola Paulista de Enfermagem (EPE). UNIFESP. Professora Associada do Departamento de Enfermagem e Saúde Coletiva da Escola Paulista de Enfermagem da Universidade Federal de São Paulo. São Paulo - SP, Brasil.

Lavinia Santos de Souza Oliveira

Enfermeira. Doutora. Coordenadora de RH do Projeto Xingu do Departamento de Medicina Preventiva da Escola Paulista de Medicina da UNIFESP. São Paulo – SP. Brasil.

Mônica Taminato

Enfermeira. Doutora. Professora Adjunta do departamento de Saúde Coletiva da Escola Paulista de Enfermagem da Universidade Federal de São Paulo. UNIFESP.

Downloads

Publicado

2021-08-02

Edição

Seção

Artigos Cientí­ficos