Observação do índice de massa corpórea de pacientes imunossuprimidos por HIV/AIDS como auxílio na adequação nutricional

Autores

  • Claudielly da Cruz Araújo
  • Cristina de Souza Rodrigues
  • Thayna de Moura Lira
  • Deisi Laís Müller
  • Raynara Karen de Sousa Silva
  • Patrícia Cristina Souza de Carvalho
  • Weverson Menezes de Azevedo
  • Daniel Araújo Freire
  • Arimatéia Portela de Azevedo

Palavras-chave:

Infectologia, Perca de Peso, Índice de Massa Corpórea, Assistência de Enfermagem

Resumo

Introdução: No conjunto das alterações provocadas pela condição nutricional do paciente hospitalizado apresenta influência a respeito de sua evolução clínica e capacidade de identificá-la na admissão, dar-se faz efetivo para garantir um apoio adequado da equipe multidisciplinar, pois, o papel exercido pela nutrição no suporte a saúde e qualidade de vida destes pacientes é fundamental. Objetivos: Mostrar que a simples observação do Indicede Massa Corpórea (IMC) de pacientes internados pode contribuir como auxílio nas intervenções de enfermagem para sugestão da adequação nutricional. Metodologia: Estudo de corte seccional, prospectivo, descritivo e quantitativo. Resultados: O perfil destes mostrou que tinham idade entre 21 a 49 anos, 75% eram portadores de doenças imunossupressoras (HIV/AIDS e etc), o IMC evidenciou que 45% apresentaram valores menores que 18, caracterizando assim um baixo peso e necessitando de intervenção nutricional. Destes com baixo peso, apenas 25% apresentaram, ganho de peso durante a internação. Conclusão: O déficit de ganho de peso entre os pacientes investigados pode ser em virtude da falta de observação de alguma medida de intervenções de enfermagem para sugestão da adequação nutricional.

Biografia do Autor

Claudielly da Cruz Araújo

Graduada em Enfermagem pelo Centro Universitário Nilton Lins – UNINILTONLINS. Manaus, AM - Brasil.

Cristina de Souza Rodrigues

Fonoaudióloga, mestranda em doenças tropicais e infecciosas no programa de pós graduação em medicina tropical (PPGMT) pela Universidade Estadual do Amazonas-UEA, Manaus-AM.

Thayna de Moura Lira

Graduanda do curso de Nutrição do Centro Universitário Nilton Lins – UNINILTONLINS. Manaus, AM - Brasil.

Deisi Laís Müller

Graduanda do curso de Nutrição da Universidade Estácio de Sá – UNESA. Niterói, RJ, Brasil.

Raynara Karen de Sousa Silva

Especialista graduada em Enfermagem pelo Centro Universitário Nilton Lins – UNINILTONLINS. Manaus, AM - Brasil.

Patrícia Cristina Souza de Carvalho

Enfermeira da CCIH da Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado, Manaus-AM, Brasil.

Weverson Menezes de Azevedo

Enfermeiro especialista, assistencial na Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado-FMT/HVD, Manaus-AM, Brasil.

Daniel Araújo Freire

Graduado em Enfermagem pelo Centro Universitário Nilton Lins – UNINILTONLINS. Manaus - AM - Brasil.

Arimatéia Portela de Azevedo

Enfermeiro Mestre – Coord da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) e Comissão de Feridas da Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado-FMT/HVD, Manaus - Am, Brasil. Professor do curso de enfermagem na Universidade Nilton Lins. Manaus - AM, Brasil.

Downloads

Publicado

2021-03-01

Edição

Seção

Artigos Científicos